spinner

Por favor aguarde

  logo
PT | UK
EEM Online
entrar
registar
icon
EEM Online
×
Utilizador Registado
banner
.
Ainda não é cliente EEM Online? Adira a esta loja virtual aberta só para si 24h por dia e comprove as suas vantagens.

Central de Salazar  

Comissão Administrativa dos Aproveitamentos Hidráulicos da Madeira  

"A freguesia da Serra de Água, nesta Ilha da Madeira de primavera eterna e fresca, foi hoje palco e cenário de um dos mais notáveis acontecimentos insulares. A Serra de Água, bucólica e verde, parte laboriosa do concelho da Ribeira Brava, ridente a um sol a derramar-se por montanhas altaneiras e abismais, mas de vegetação opulenta e esmeraldina, apresenta-se, neste dia, de vestes brilhantes e pomposas, porque é de pompa e brilho a sua festa grande. E, como cunho solene, da mais honrosa distinção, tem a ventura de ver a inaugurar e a presidir o ato o Sr. Eng. José Frederico Ulrich, ministro muito ilustre das Obras Públicas que, mais uma vez, e por carinho e interesse por todos os problemas públicos, voou da capital até aqui porque a ele próprio agradaria intimamente a inauguração de uma obra a que votou especial devoção e muito do seu trabalho intenso.  

A festa da Serra de Água é, afinal, outra grande festa da Madeira, das muitas que esta já possui com a marca, bem cunhada, de Salazar. Ainda há pouco (foi há um ano), com a inauguração da Levada do Norte, que irriga as terras da Ribeira Brava e de Câmara de Lobos, tivemos, também, festa grande por estas bandas. E, dentro de pouco, outra ainda - com a inauguração da Central Hidroelétrica e da Levada de irrigação da Calheta.

Neste momento, a Serra de Água oferece um aspeto de encanto e de entusiasmo jamais visto por estas paragens. À magia da paisagem juntou-se a alegria do povo - este povo trabalhador e honrado dos campos de Portugal, que é sempre igual no Minho, no Algarve ou nas ilhas do Atlântico. E à alegria do povo, o estralejar do foguetório, as palmas e os vivas da multidão, o colorido multiforme das ornamentações e o odor tão salutar das árvores e das plantas, dos pinheirais e das flores - e esta brisa que, com o sol, suave e brandamente, retoiça nas encostas e nos vales.  

Se há um ano houve festa em louvor da água, hoje há festa em louvor da luz. Porque se trata de inaugurar a nova Central Hidroelétrica desta freguesia, completando-se assim a primeira fase das volumosas obras dos Aproveitamentos Hidráulicos da Madeira.  

Uns minutos mais apenas, e o Sr. Ministro das Obras Públicas porá em movimento as turbinas da Central e ligará o primeiro botão no quadro geral - simultâneo grito de alegria a ecoar, campos a baixo, por ruas e por casas, por vilas e povoações... até à cidade do Funchal. E consumar-se-á o milagre! E verificar-se-á que a Madeira alcançou, merecidamente, e a cabo de muitos anos, uma das suas mais altas aspirações: iluminação elétrica mais farta, mais perfeita e, certamente, mais económica.  

Hoje mesmo - e é outra vez mais um instante - já a vila da Ribeira Brava se acenderá feericamente, em consequência desta obra. E, amanhã, num porvir pouco distante, outras vilas se iluminarão.  

O novo sistema de produção cria-se para servir o público da Madeira, como todas as obras do Governo da Nação se criaram e criam para servir os portugueses.  

E - hoje como sempre - não seremos, também, todos demais para continuar Portugal".  

Serra de Água, 3 de Maio de 1953

Eduardo Nunes

Publicado em 02/04/2015 19:32.

Conteúdo não disponível

Conteúdo não disponível em ecrãs de pequenas dimensões

 
Contactos

Serviço de Apoio ao Cliente (Linha gratuita)

Linha EEM 800 221 187

Todos os dias, das 08h00 às 00h00.

Endereço Eletrónico: clientes@eem.pt

 

Av. do Mar e das Comunidades Madeirenses nº 32
9064-501 Funchal
Madeira Portugal

 

Apoio Técnico na Ligação à Rede (PIT)

Linha EEM 800 221 187

Dias úteis, das 08h00 às 12h30 e das 13h30 às 16h30.

Endereço Eletrónico: pit_at@eem.pt

 

 
 
© Copyright 2017 - ELECTRICIDADE DA MADEIRA. Todos os direitos reservados.